terça-feira, 18 de novembro de 2014

PARA REFLETIR


Por muito tempo, eu pensei que a minha vida
 fosse se tornar uma vida de verdade.
 Mas sempre havia um obstáculo no caminho,
algo a ser ultrapassado antes de começar a viver,
 um trabalho não terminado, uma conta a ser paga...
 aí sim, a vida de verdade começaria.
 Por fim, cheguei à conclusão de que 
esses obstáculos eram a minha vida de verdade.
Essa perspectiva tem me ajudado a ver que
 não existe um caminho para a felicidade.
A felicidade é o caminho!
Assim, aproveite todos os momentos que você tem.
 E aproveite-os mais se você tem alguém especial para compartilhar,
especial o suficiente para passar seu tempo;
 e lembre-se que o tempo não espera ninguém.
Portanto, pare de esperar:
até que você termine a faculdade;
até que você volte para a faculdade;
até que você perca 5 kg;
até que você ganhe 5 kg;
até que seus filhos tenham saído de casa;
até que você se case;
até que você se divorcie;
até sexta à noite;
até segunda de manhã;
até que você tenha comprado um carro ou uma casa nova;
 até que seu carro ou sua casa tenham sido pagos; 
até o próximo verão, outono, inverno;
até que você esteja aposentado;
até que a sua música toque;
até que você tenha terminado seu drink;
até que você esteja sóbrio de novo;
até que você morra;
e decida que não há hora melhor para ser feliz
 do que agora mesmo...




Lembre-se:

Felicidade é uma viagem, não um destino...

Um beijo grande,
Masé

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

RECEBA AS FLORES QUE LHE DOU.....


Obrigada pela visita e pelo seu carinho.



terça-feira, 11 de novembro de 2014

SE.........


Se uma flor pudesse,
Uma simples flor que amanhece
As horas,
Chegar na mão de quem se ama
E ficar…

Uma flor
A perfumar
O ar [que tu respiras]

Essa flor certamente seria
A última rosa que te dei
Colhida do peito onde a plantei
Para que florisse rubra
E já tua!"

Emilio Miranda - Escritor

ESTOU QUASE CONSEGUINDO...


"E a cada esquecimento e palavra não dita
 um pouco do afeto a gotejar triste pelos olhos,
 a traçar caminhos pela face 
e a inundar a boca de ressentimento.
Quem sabe não demora e ela deixa de esperar

 por aquela palavra de admiração,
 arranca da alma e do peito
 aquele que faz de conta que é inteiro, 
e, vira esquecimento e silêncio de vez?"

Romara Magalhães
Por Linhas Tortas

sábado, 8 de novembro de 2014

AMOR DA MINHA ALMA


Amor da minha Alma.

Quando dois corações se encontram... 
Ao mesmo tempo, dois lábios se "reencontram".
A partir desse momento, não há uma outra maneira de se viver a não ser "dependente" e contente pela chegada desse Amor.
Não há explicação, nem porquê, nem tempo ideal, nem razão. 
Há de ter apenas "coragem" para encarar e provar do que esse Amor é realmente capaz de fazer e de lhe mostrar. 
Quando você encontra um verdadeiro Amor não há mais espaço para "outros Amores". Todos os outros foram os outros e não existirá em tempo algum um outro melhor do que este. 
Não há como você se enganar, nem mesmo duvidar se é,
 se foi ou não... Amor. 
Pois quando acontece com você, você sabe (de cara) já no primeiro instante, não que é, mas que por muito tempo foi e
 que ele voltou e te encontrou outra vez. 
Tudo é diferente... o toque, o arrepio, o beijo, o olhar, o abraço, o sorriso, a maneira como você trata e como é tratado. 
Você será "recebido" como um Rei e você mulher, será "tratada" como uma rainha, como se este amor o reverenciasse...(o tempo todo).
O Amor quando é verdadeiro sobrevive e resiste a "tudo" principalmente ao tempo. Você descobre a sua "alma gêmea" quando você sente cócegas na sua alma, e por tamanha alegria você chora.
É algo além desse mundo, é como você tocar ao céu, você sente o seu corpo leve, flutuando, como se estivesse nos braços de um anjo. 
Somente quem vive uma experiencia assim,
 é capaz de descrever o que sentiu.
E tenho certeza absoluta que nem todos são capazes. 
O impacto é forte, a mudança que
 acontece em sua vida chega a ser "bruta". 
Um amor de almas, não pergunta o seu nome, a sua idade, não quer saber de nada a não ser te amar. 
São dois corpos famintos que se encontram, que por muito tempo (sobreviveram) um sem o outro.
Quando o Amor verdadeiro acontece...
Não há separação, mesmo que por algum motivo,
 eles não estejam juntos.
Face - Luar Ciagano